0
0 In Video

I love you the way you are

This video starts with a traditional Portuguese folklore. More Portuguese i think not even fado. A wedding where what stands out is the honesty of feelings, the simplicity full of good taste and a huge willingness to be happy.

I’ve been talking to a friend who’s been married for a little over a year now. He has been to some weddings. The one he liked the most was the one that ‘joined the family and friends in the garden’. Tables were not of pure wood but Sagres or Superbock plastic tables and the luxurious white textiles of the tent ‘were sun umbrellas of the most varied brands’.

It wasn’t for the lack of money, it was only for the will of exclusively celebrate love without looking to trends, concepts or prejudices.

Love is much simpler than it sounds at a wedding. It’s a simple ‘taste of you as you are’. And Vitor Hugo da Caso-me Contigo had the opportunity to witness such a love. This time he was a videographer and a best man. In addition to the responsibility as a professional, he had the honor of being chosen as one of Joana and Miguel’s ambassadors for love.

In this story I will not be able to involve only the couple, Joana and Miguel. I feel that I am also involved in it. I have been friends with the groom for a long time, we have been classmates and since then we have been present in each other’s lives. By inviting me to the wedding I was also ‘named’ to be one of his best mans. Of course I accepted. What responsibility! I thought at once that I would have to produce the film. And so it was.

Vitor Hugo has created videos that are closer to the documentary genre, which move away from the typical wedding film, in his search for ‘everything that can add content, value, so that it’s not just another cute object filled with beautiful images, but hollow, empty and equal to so many others. I’m looking for a truth’.

In this particular celebration, it was very easy to find this truth. These are moments that mark the identity of a wedding, of a video.

We were all there to celebrate a marriage and were not worried about fulfilling the common procedures of a wedding. In the same way that Joana and Miguel say to each other, I like you the way you are, I want you to see the movie as we are, as you are.

Simple as that. More simple is impossible. Because weddings don’t have to be elegant. Dazzling. Incomparable. Surreal. Epic. Original. Different. Unique. LOVE. Loves has to encompass all these adjectives and make the bride and groom this day into beings full of happiness. Simple as that.

 

Inspire yourself!

 

Vídeo: Caso-me Contigo

 


 

Este vídeo arranca com um rancho. Mais português acho que nem o fado. Um casamento onde o que sobressai é a honestidade de sentimentos a simplicidade cheia de bom gosto e uma vontade enorme de serem felizes.

Ainda há dias falava com um amigo que casou há pouco mais de um ano. Já foi a alguns casamentos e diz ele que aquele que mais gostou foi aquele que ‘juntou a familia e os amigos na casa de família onde as mesas não eram as de madeira pura mas sim da cerveja sagres ou da superbock’ e onde os luxuosos panos brancos da tenda ‘foram trocados por guarda sóis das mais variadas marcas’.

Não era por falta de dinheiro, era por vontade de unica e exclusivamente comemorarem o amor sem olhar a marcas, a conceitos ou preconceitos.

Realmente o amor é muito mais simples do que parece. É um simples ‘gosto de ti assim como és. E o Vitor Hugo da Caso-me Contigo teve a oportunidade de testemunhar um amor assim. Desta vez calhou-lhe a ele ser videografo e Padrinho de um casamento. Para além da responsabilidade como profissional, teve a honra de ser escolhido como um dos embaixadores do amor da Joana e do Miguel.

Nesta história não poderei envolver apenas o casal, a Joana e o Miguel. Sinto que também eu estou envolvido nela. Sou amigo do noivo há muito tempo, fomos colegas de escola e desde então temos estado presentes na vida um do outro. Ao convidar-me para o casamento fui também ‘nomeado’ para ser um dos seus padrinhos. Claro que aceitei a ‘nomeação’. Que responsabilidade! Pensei de imediato que teria de produzir o filme. E assim foi.

O Vitor Hugo tem criado vídeos mais próximos do género documental que se afastam do típico filme de casamento habitual na sua procura ‘por tudo aquilo que possa acrescentar conteúdo, valor, para que este não seja apenas mais um objecto fofinho, repleto de imagens bonitas, mas oco, vazio e igual a tantos outros. Procuro por uma verdade’.

Nesta celebração em particular, foi muito fácil encontrar essa verdade. São momentos que marcam a identidade de um casamento, de um vídeo.

Estávamos todos ali para festejar uma união e não preocupados em cumprir os procedimentos comuns de um casamento. Do mesmo modo que a Joana e o Miguel dizem um para o outro, gosto de ti assim como és, pretendo que ao verem o filme se vejam como são, como somos.

Mais simples impossível. Porque os casamentos não têm de ser elegantes. Deslumbrantes. Incomparáveis. Surreais. Épicos. Originais. Diferentes. Únicos. O amor, esse sim tem de englobar todos estes adjectivos e transformar os noivos neste dia em seres plenos de felicidade. Simples como isso.

 

Inspirem-se!

 

Vídeo: Caso-me Contigo

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.