0
0 In People/ Weddings

Because promisses need to be fulfilled

The phrase of Inês and Filipe will always be: those whom we give the less, are those who give us more in return.

There is no coupe that i like more than others. They all have my time, my friendship. But there are people, these yes, that are different, that touch us, that come a little close to your heart.

I will talk about them more over the next weeks. Now that wedding season is over, i can stop, go trough my notes and remember months of work that culminated in that day that seems that never ends (for us who are working) and that goes by in a flash to the newlyweds!

I start to receive the photos! It’s a very good feeling. I think we are almost as excited as the grooms when they receive them!

I have my 2016 sweetheart wedding, I have my darling bride from 2016, I have my crazy groom (but a good crazy!) from 2016 weddings. There are many adjectives to several people we that touch me in a very unique way.

When i share with you the albuns from Amor Pra Sempre weaddings 2016, i’ll tell you some of the stories about them and us.

The story of Inês and Filipe i have already shared. They are really unique. We have a passion in common: love good wines. Me and my Paulo also are fans of a good wine and bossa nova. Well, now we are actually even more fans of sleeping on the couch after the kids are in bed. And a bottle of wine lasts three days!

But, we continue to dream of the days when we lived on a bottle of good wine. We look forward to the return of these days!

Imagine now being home one of these mornings, working in my computer and the postman rings with a delievery coming from Vagos! I was exceited. Happy! I shook it imagining what would be. But i didn’t hear anything. Obviously I didn’t rest until i open it! I was like child with gift in hand!

What a great surprise. These two are not those people (me included!) who say all the time ‘We need to grab a coffee!’ or ‘we need to dinner one of these days! ‘… No, they said ‘we will send you a little gift’. And they sent.

They sent the biggest present of them all. It wasn’t the bottle of Muxagat that we enjoyed so much!

They sent the ‘thank you’ from the heart. The one that makes you go to the post office in the middle of a busy day because you feel that the other person really deserves it. How many of us do this nowadays?

Inês and Filipe. Thank you for making me feel special in such a caring way and promise me that you will schedule dinner! Deal?

A very big kiss in your hearts and that this ‘red’ is a simbol of the beginning of many years where the promises are fulfilled!

 


 

A frase da Inês e do Filipe vai ser sempre: aqueles a quem damos menos são, na maior parte das vezes, os que nos dão mais. Não há nenhum casal meu, que eu goste mais do que outro. Todos têm o meu tempo, a minha amizade. Mas há pessoas, essas sim, que são diferentes, que nos tocam, que nos chegam um pouquinho mais ao coração.

Vou falar delas ao longo dos próximos tempo, isso porque agora que os casamentos terminaram a sua temporada, e agora já consigo parar, pegar nas minhas notas e refazer meses de trabalho que culminaram naquele dia que parece que não acaba mais (para nós que estamos a trabalhar) e que passa a correr para os noivos!

Começam a chegar as fotografias! É uma sensação muito boa. Acho que ficamos quase tão entusiasmados como os noivos quando as recebem!

Tenho o meu casamento x

odó de 2016, tenho a minha noiva xodó de 2016, tenho o meu noivo doido (mas um doido bom!) de 2016 (ahahah), são realmente muito adjectivos para várias pessoas que nos vão tocando de uma forma muito singular.

Quando partilhar convosco o álbum dos casamentos Amor Pra Sempre de 2016, conto-vos um pouco da história de cada um deles, e da nossa.

A história da Inês e do Filipe já partilhei. Mas, mesmo que não tivesse partilhado iria de qualquer forma falar deles e de como são realmente singulares.

Temos uma paixão em comum: adoramos bons vinhos. Eu e o meu Paulo também somos fãs de um bom vinho, de uma bossa nova – agora, agora na verdade somos mesmo fãs é de dormir no sofá depois de deitar os miúdos os miúdos e uma garrafa de vinho dura 3 dias! Mas, continuamos a sonhar com os dias em que vivíamos de uma garrafa de vinho bom. Ansiamos para que estes dias retornem!

Imaginem agora, estar em casa numa manhã destas a trabalhar ao computador e o carteiro tocar com uma encomenda vinda de Vagos! Abanei para ver o que poderia ser mas não se ouvia nada. Mas óbvio que não descansei enquanto não abri! Qual criança com prenda na mão!

Não podia ter sido uma surpresa melhor. Estes dois meninos, não são daquelas pessoas (entre elas eu!) que dizem ‘temos de ir tomar um café! vamos marcar uma jantarada um destes dias!’… Não, eles disseram ‘vamos mandar-te um miminho’. E mandaram.

Mandaram o maior mimo deles todos. Não foi a garrafa de Muxagat que tanto adoramos beber. Mandaram o ‘obrigada’ do coração. Aquele que te faz ir aos correios no meio de um dia atarefado porque sentimos mesmo que a outra pessoa merece. quantos de nós fazemos isto hoje em dia?

Inês e Filipe, muito obrigada por me fazerem sentir especial de uma forma tão atenciosa e prometam-me que marcam o jantar! Combinado?

Um beijinho muito grande no vosso coração e que este ‘tinto’ seja uma marca do início de muitos anos onde as promessas se cumprem!

 

Fotos: (não se nota?!) Mónica Magalhães by #máquinafotograficaquemedeuomeupauloequeprecisaserusada

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.